Ficha formativa

Antes de Mim

A cultura

Clica no quadrado junto à resposta adequada

escolha acertada

escolha errada

 

1. Cultura é (indica as respostas correctas):

Uma totalidade
Uma soma de crenças, artefactos, valores, regras e costumes
Valores e crenças são exemplos de elementos culturais
As tatuagens não fazem parte da cultura

2. Os elementos culturais (indica as respostas correctas):

Encontram-se organizados de forma estática
Expressam as tradições antigas
São elementos simbólicos e materiais estruturados dinamicamente
Influenciam-se mutuamente

3. As culturas (indica a resposta mais completa):

Variam no tempo e no espaço
Variam no espaço geográfico
Variam de época para época por isso as culturas hoje são diferentes de há 2.000 anos
Variam no espaço mas não no tempo pois são as tradições a preservar

4. Vestimo-nos de determinada maneira, estendemos a mão para nos cumprimentarmos, achamos desadequados determinados tipos de comportamentos devido

à socialização
aos padrões culturais
à aculturação
à experiência pessoal

5. A aculturação

é uma alteração dos padrões culturais das culturas minoritárias
é uma alteração dos padrões culturais pelas culturas maioritárias
acontece devido a contactos entre grupos de diferentes culturas
é um fenómeno de mudanças culturais

6. Os padrões culturais

ajudam-nos a escolher o que vamos comer ao almoço
definem modelos estruturados de acordo com normas comuns
definem uma tradição por isso são imutáveis
influenciam comportamentos de forma totalmente consciente

7. Ao interiorizar os padrões culturais da sua sociedade podemos dizer que um indivíduo está a ser

socializado
moldado pela sociedade
integrado numa sociedade e ao mesmo tempo a participar na criação dos valores desta sociedade
integrado num grupo sociocultural, o que permite a reprodução das formas de organização desse grupo

8. A cultura não nos determina de forma absoluta pois

as forças socioculturais interagem com a singularidade única de cada indivíduo.
as forças sociais são mediadas pelo significado que cada indivíduo lhes atribui
a experiência pessoal é também um elemento a ter em conta
nós é que escolhemos o que na sociedade nos influencia

9. Indivíduo e sociedade cooproduzem-se.

Isto é verdadeiro.
Isto é falso porque há indivíduos que nada dão à sociedade.
Isto é falso porque há indivíduos desamparados que nada recebem da sociedade
Isto é falso porque quando um indivíduo nasce já existe a sociedade

10. O homem

se por um lado é determinado biologica e socialmente, por outro autodetermina-se
só pode ser considerado autónomo se puder escapar à determinação absoluta
se fosse totalmente determinado o homem não seria responsavel pelo que faz
mesmo que fosse totalmente determinado seria sempre responsável pelo que faz

11. A experiência que um indivíduo tem do mundo, dos outros e de si mesmo

está totalmente dependente de factores biológicos e socioculturais
é o que permite dar sentido aos estímulos, situações e contextos em que se insere
condicionam a formação de redes neuronais que permitem a percepção do mundo
é a base do significado, significado este que faz a ligação entre o que somos e o contexto em que nos inserimos

12. À forma de ver a realidade que é partilhada entre pessoas chama-se

padrão cultural
mundo intersubjectivo
visão subjectiva
realidade impessoal

13. A história pessoal

é uma coisa que tem a ver apenas com o próprio pois é pessoal
depende de tudo o que está à nossa volta pois «ter algo de pessoal» só é possivel na relação com os outros
depende de um diálogo eu/não-eu
são os acontecimentos que sou capaz de contar aos outros acerca de mim

14. O conceito de «auto-organização» significa

que os seres humanos não são passivos face aos sistemas socioculturais
significa que a vida de cada um pode ser planeada em todos os pormenores
as influências socioculturais dependem dum plano elaborado por nós mesmos
que os indivíduos criam em parte a sua história pessoal transformando o seu mundo físico e sociocultural.

15. Na adaptação

os organismos apenas respondem às condições e pressões ambientais
os organismos respondem e agem sobre os estímulos interpretando-os de acordo com as suas necessidades
deve ter-se em conta o papel activo dos indivíduos
mesmo o que existe objectivamente só existe para o organismo para o qual possui significação.

16. Segundo o conceito de diversidade humana

os indivíduos não têm nada em comum uns com os outros
existem diferenças entre os indivíduos e aspectos comuns
temos algo em comum que nos distingue das outras espécies
99% dos genes de um indivíduo são diferentes dos genes de outro indivíduo


17. Os estudos sobre a diversidade genética humana

mostram que um indivíduo de origem africana e outro de origem nórdica podem ter menos diferenças genéticas que dois indivíduos de origem africana
mostram que o racismo não tem qualquer fundamento biológico
fortificam o conceito de raça humana
esvaziam de sentido o conceito de raça humana

18. No filme «O Menino Selvagem», apesar de todos os esforços do médico que acompanhou Victor, este nunca aprendeu a falar e a escrever. Isto deve-se ao facto de

Victor não se dedicar o suficiente aos exercícios que o médico lhe pedia para fazer
de já ter passado a idade em que o cérebro da criança constrói as redes neuronais necessárias à linguagem
Victor tem passado cerca de 8 anos afastado dos seres humanos
de as influências socioculturais e o amadurecimento do sistema nervoso serem dois aspectos essenciais na aprendizagem da linguagem

19. O filme «O Menino Selvagem» defende a tese que

sem a sociedade e a cultura ficamos semelhantes aos animais com quem vivermos
sem a sociedade e a cultura não somos verdadeiramente seres humanos
a sociedade e a cultura nos retiram a pureza original
as crianças encontradas a viver sozinhas nas florestas não devem ser trazidas para a civilização pois não se integram adequadamente na sociedade humana e tornam-se infelizes.